Empregada doméstica morre no primeiro dia de trabalho em elevador de prédio de luxo; todo cuidado é pouco

Mulher de 29 anos estava no quarto andar e caiu no poço do elevador em prédio de Salvador.

PUBLICIDADE

Uma tragédia ocorreu nesta segunda-feira (18) em um bairro nobre da cidade de Salvador. Uma mulher de 29 anos e o caso acende alerta. Juliane Lima Gonçalves, que estava no primeiro dia de trabalho como empregada doméstica, faleceu após cair no poço de um elevador no prédio de classe média onde estava prestando serviço.

PUBLICIDADE

De acordo com informações da Polícia Militar, o incidente aconteceu por volta das 17h, logo após Juliane encerrar suas atividades no apartamento localizado no 4º andar do edifício. As equipes de resgate do Corpo de Bombeiros e do Samu foram ao local. 

Mulher morre ao cair em poço do elevado

O edifício, situado na Rua Ceará, tornou-se palco dessa trágica ocorrência. Juliane chegou a ser atendida pelos socorristas, mas não resistiu e morreu. O corpo da empregada doméstica foi conduzido ao IML de Salvador, e o caso foi formalmente registrado como morte em investigação.

Ministério Público do Trabalho demonstrou estar ciente do falecimento de Juliane e está em busca de mais detalhes para se posicionar a respeito do caso. Ainda são necessários esclarecimentos para saber de fato o que aconteceu no local.

PUBLICIDADE

Cuidados

O caso envolvendo a morte de Juliane Lima ainda carece de mais detalhes, mas o alerta sobre os cuidados a serem tomados em elevadores é importante. Ao lado dos elevadores, há sempre uma placa com orientações para verificar se o elevador encontra-se naquele andar, antes de passar pela porta e entrar nele. Em caso de falha no equipamento, a porta pode se abrir sem que o elevador esteja posicionado corretamente. Se a pessoa não notar, corre o risco de cair no poço do elevador e falecer.