Atriz morre após cair de 5º andar de prédio no Rio; ela era acusada de vários crimes

Artista chegou a ser atendida no Hospital Municipal Miguel, mas não resistiu.

PUBLICIDADE

Nesta semana, foi confirmada a morte da atriz Sabine Boghici, alvo de um grande escândalo familiar. A artista, que tinha 49 anos, foi a óbito após cair do 5º andar de um prédio localizado na zona Sul do Rio de Janeiro. As circunstâncias do acontecimento não foram divulgadas.

PUBLICIDADE

Sabine viu seu nome virar manchete nos portais de notícias após ser descoberto o crime que ela cometeu contra a própria mãe. A atriz era acusada de aplicar um golpe no valor de R$ 720 milhões na genitora e foi detida por crime de estelionato, extorsão, roubo majorado, sequestro e cárcere privado.

Morre a atriz Sabine Boghici após cair de prédio

O corpo de Sabine Boghici será levado para o Instituto Médico Legal. A atriz havia chegado ao Hospital Municipal Miguel na última quinta-feira (14), com vários ferimentos por conta da queda. A artista foi socorrida, mas não conseguiu resistir e faleceu na unidade de saúde do Rio de Janeiro.

Sabine chegou a ser detida pelas autoridades em agosto de 2022. Entretanto, a Justiça do Rio de Janeiro decidiu dar liberdade provisória à artista por entender que ela não era “pessoa de alto grau de periculosidade”. A decisão foi tomada pelo juiz Guilherme Schilling Pollo Duarte.

PUBLICIDADE

Sabine subtraiu patrimônio de alto valor da mãe

Sabine Boghici subtraiu 16 obras de arte da genitora. Entre os trabalhos estão peças de artistas renomados, como Di Cavalcanti e Tarsila do Amaral. Em 2015, Jean Boghici, um dos grandes colecionadores da arte brasileiros, faleceu deixando para a companheira um patrimônio que somado daria R$ 700 milhões.

Entre os quadros substraídos por Sabine está Sol Poente, de Tarsila do Amaral, avaliado em R$ 250 milhões.