Câmara quer ouvir ministro sobre política de preços da Petrobras

Convite deve ser atendido por Alexandre Silveira até 23 de agosto.

PUBLICIDADE

A Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (2) convite para o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira explicar a nova política de preços dos combustíveis adotada pela Petrobras.  

PUBLICIDADE

Inicialmente, o requerimento, apresentado pelos deputados Filipe Barros (PL-PR) e Danilo Forte (União-CE), propunha a convocação do ministro. Os integrantes da comissão acertaram em transformá-lo em convite, que deve ser atendido pelo ministro até o dia 23 de agosto.  

Preços dos combustíveis  

Em maio, a Petrobras anunciou um novo modelo para definir os preços dos combustíveis, com o fim da política de Preço de Paridade Internacional (PPI) adotada pela empresa há mais de seis anos.  

Na PPI, os preços da gasolina, diesel e gás de cozinha seguiam a tendência dos valores praticados no mercado internacional, tendo como referência o preço do barril de petróleo tipo brent, calculado em dólar.  

PUBLICIDADE

No novo modelo, a Petrobras levará em conta outras referências para cálculo dos preços, como mercado interno, além do mercado internacional. A ideia, segundo a estatal, é mediar os interesses dos acionistas e o papel social da empresa defendido pelo governo, voltado para atender a expectativa do consumidor brasileiro por valores mais baixos. 

Publicado em 02/08/2023 – 19:58 Por Agência Brasil – Brasília / Edição: Maria Claudia