3 dicas para economizar ainda mais na Black Friday

Fique por dentro de algumas formas para maximizar os descontos durante este período de promoções

PUBLICIDADE

Se você já viu aquele reality show baseado em cupons, sabe que eles podem fazer algumas coisas malucas. Porém, no Brasil, essa cultura surge de uma forma um pouco diferente do que nos Estados Unidos. Enquanto por lá as pessoas acumulam vouchers de produtos para utilizar em compras do mercado, por exemplo, aqui os consumidores brasileiros tendem a utilizar cupom de desconto principalmente em compras online.

PUBLICIDADE

Não à toa, as principais lojas e marcas de e-commerce estão sempre oferecendo benefícios para quem compra utilizando seus códigos. Seja para produtos para a casa, equipamentos eletrônicos, roupas, sapatos, acessórios, brinquedos ou produtos de beleza, há uma

E, para quem está pensando em aproveitar a Black Friday, que acontece no próximo dia 25 de novembro, para comprar aquele produto que já está no carrinho de compras há tempos, mas segue aguardando uma boa oportunidade, selecionamos três dicas imperdíveis – inclusive a dos cupons! Veja:

Usar cupons de desconto

Conforme falamos anteriormente, os cupons são uma excelente maneira de economizar durante o ano inteiro, mas principalmente na Black Friday. Vale a pena buscar nos sites que reúnem os descontos para verificar qual a loja que está compensando mais o produto desejado, assim como conferir o antes e durante das promoções para evitar a chamada “Black Fraude”.

Fazer um comparativo de preços

Os sites que comparam preços também são bastante importantes no período. Isso porque algumas lojas acabam oferecendo benefícios reais tanto em dinheiro economizado, quanto em benefícios como cashback ou frete grátis.

PUBLICIDADE

Fazer uma lista de produtos desejados

Às vezes, promoções como a Black Friday ativam nosso modo mais consumista, por isso, é importante fazer uma lista de desejos, juntamente com um orçamento disponível, para se ter ideia do que realmente precisa para avaliar os descontos antes de efetuar a compra.

As prioridades devem ser mantidas de acordo com os valores separados para gastar nestes casos, assim fica mais fácil evitar as compras de besteiras pouco funcionais e “apenas baratas”.