Rafael Mariano fala sobre as dificuldades dos jovens em tomar decisões após o ensino médio

Segundo Rafael, a maior dificuldade em escolher um novo curso ou uma profissão acontece principalmente pela falta de informações e falta de interesse.

PUBLICIDADE

Fontes do INEP, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais, alegam que apenas 53% dos estudantes matriculados no ensino médio no ano de 2014 concluíram essa etapa dos estudos na duração prevista de três anos. A média de idade dos formandos gira em torno de 20 anos.

PUBLICIDADE

Muitos jovens entre 16 e 20 anos não estão preparados para decidir o que fazer após o ensino médio. Rafael Mariano, autor do livro “Aprenda Ser”, relata que essa fase é caracterizada por uma grande pressão vinda de pais, professores e colegas em relação ao futuro.

Segundo ele, a maior dificuldade em escolher um novo curso ou uma profissão acontece principalmente pela falta de informações e falta de interesse no assunto. A falta de diálogos na família contribui para o aumento dessa dificuldade na escolha do futuro. Um teste vocacional e estudos do perfil do jovem ajudam a diminuir essas dificuldades.

Ficar meio perdido sem saber o que fazer nessa fase é uma coisa normal, visto que as habilidades surgem nessa época se tornando o alicerce da vida adulta. No dia a dia da busca de conquistas somadas com a força de vontade, o jovem vai conseguir encontrar as respostas. Conversas com pessoas adultas, familiares ou não, podem ajudar jovens inexperientes a entender que as escolhas precisam ser feitas a cada dia e aos poucos”, diz Rafael.

PUBLICIDADE

Outro ponto segundo Rafael é a falta de conhecimento na área do empreendimento. Para o profissional, jovens desejam empreender, porém por falta de conhecimentos e experiência não sabem como começar um empreendimento. O empreendedorismo é uma boa opção para o jovem após a conclusão do ensino médio já que estão acostumados com a modernidade do uso da tecnologia para desenvolver todo seu potencial em um negócio próprio.

O único cuidado, diante da falta de experiência e vontade de abraçar o mundo, é não tomar decisões erradas ou entrar em empreendimentos com poucas chances de sucesso. Por isso é importante buscar informações com pessoas que já viveram experiências no mercado ou órgãos e entidades como o Sebrae. A minha sugestão é participar de eventos, feiras e workshops para adquirir mais conhecimentos”, finaliza Rafael.

Para acompanhar mais sobre seu trabalho e procedimentos profissionais basta seguir o empresário nas redes sociais e internet.

Redes sociais:

Instagram: @rafaelmariano

Site: www.rafaelmariano.com.br

https://www.youtube.com/c/RafaelMarianoPalestrante

https://bitconf.com.br/2022/speaker/rafael-mariano/

https://mercadohoje.uai.com.br/2022/02/10/criptomoedas-e-blockchain- smartinvest-dedica-espaco-para-tech/

https://comoinvestir.thecap.com.br/opiniao/rafael-mariano https://investsmart.