‘Mamãe, vou brincar’, as últimas palavras de Pedro antes de cair no buraco e falecer em MG

Pedro faleceu depois de cair em buraco de oito metros e resgate durar mais de 18 horas.

PUBLICIDADE

Infelizmente, um caso que o Brasil acompanhou por mais de 18 horas terminou da pior forma possível. Pedro Augusto Ferreira Alves, de oito anos, faleceu após ter caído em um buraco de cerca de oito metros de profundidade, no município de Carmo do Parnaíba, estado de Minas Gerais.

PUBLICIDADE

O resgate dramático perdurou por mais de 18 horas, acompanhado de perto pela mãe dele desde o fim da tarde de domingo (21). O óbito da criança foi confirmado após ele ter sido resgatado com vida, na manhã desta segunda-feira (22).

Menino morre ao cair em buraco

Segundo noticiado primeiramente pelo portal G1, a mãe de Pedro, Paloma Barbosa, ficou perto do resgate e acompanhou todo o drama vivido pelo filho. A mulher afirmou que o menino falou: “Mamãe, vou brincar”. Depois disso, ela recebeu a informação de que ele caiu no buraco.

A criança estava na companhia de uma prima quando caiu. “Ela contou que ele escorregou […] Tá muito difícil, tô muito aflita, tô sem palavras”, disse Paloma, antes da confirmação do óbito do filho.

De acordo com informações passadas pelo Corpo de Bombeiros, o menino teve uma suspeita de parada cardiorrespiratória. Ele foi colocado imediatamente dentro da ambulância, mas não resistiu às complicações e foi à óbito a caminho do hospital.

PUBLICIDADE

Pedro faleceu a caminho do hospital

Segundo noticiado pelos socorristas que atenderam Pedro, ele estava com rebaixamento do nível de consciência quando foi finalmente retirado de dentro do buraco. Mais de 20 agentes do Corpo de Bombeiros, ambulância com médicos e uma equipe especializada foram mobilizados no caso, que terminou da maneira triste.