in

‘Datatoalha’, criado por camelôs para estimular vendas, aponta resultado que é um massacre

Se aproveitando da rivalidade política e iminência das eleições, camelôs fazem seus próprios levantamentos; até Simone Tebet aparece.

Twitter / redes sociais

Quando se diz que o brasileiro deveria ser estudado, às vezes, pode realmente não ser exagero. Aproveitando-se do clima de disputa presidencial e da polarização da disputa em torno do presidente Bolsonaro e de Lula, camelôs, em pontos diferentes criaram uma forma de alavancar as vendas, com base na paixão dos eleitores pelos políticos e criaram a paródia ‘Datatoalha’, fazendo clara alusão à um dos principais institutos de pesquisa do país.

Publicidade

E, claro, por estarem nas ruas, em locais de grande circulação, várias fotos de camelôs com seus quadros apontando os resultados de suas pesquisas do Datatoalha foram registrados pelos pedestres, a maioria em tom de humor, gravava ou filmava a circulação de compradores.

Claro que a originalidade da iniciativa e o ambiente de acirramento da disputa eleitoral acabaria rapidamente parando na mídia e nas redes sociais, o que de fato, acabou acontecendo.

Publicidade

Datatoalha aponta resultado ‘massacrante’ e até Simone Tebet entra no ranking

Assim como nas pesquisas de todos os institutos nacionais, o Datatoalha mostra o ex-presidente Lula a frente da preferência dos consumidores pelo produto. O curioso realmente fica por conta do resultado, no melhor do cenário para o petista, a ‘vitória’ era de 100 a 12, enquanto o pior dos cenários apontava um resultado de vitória de 100 a 70, mostrando que o local da cidade tem poder de mudar o perfil dos ‘eleitores’.

Publicidade

Simone Tebet surpreende e entra na lista

 Engana-se quem acha que somente Lula ou Bolsonaro vendem toalhas nas ruas. Houve ainda um caso onde mais de vinte vendas foram registradas em favor de uma das chamadas ‘terceira via’. E na ‘pesquisa’ realizada por este portal, não foram encontradas toalhas (ou placares) Ciro, será que vendeu todas?

Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.