in

Brasileiro que faleceu em combate na Ucrânia enviou áudio perturbador e fez um último pedido: ‘Eu tô apavorado aqui’

O áudio foi enviado para um conhecido de Douglas Búrigo dias antes da morte dele em combate.

Fotomontagem: IG/Gabriele

O brasileiro Douglas Búrigo, morto em combate na Ucrânia, já estava apavorado e com medo de não voltar vivo ao Brasil dias antes do trágico incidente. O homem de 40 anos enviou um áudio perturbador para um conhecido onde desabafava e falava sobre a situação que estava vivendo em meio a guerra.

Publicidade

O gaúcho teria mandado essa mensagem de voz através de aplicativo na última terça-feira. Dias depois, no sábado, a família foi informada que ele havia morrido em meio a um bombardeio próximo a Kharkiv na sexta-feira. Além de Douglas, outra brasileira também perdeu a vida neste episódio.

No áudio perturbador ele fala o tempo todo em como as pessoas estão morrendo e que é muito difícil viver em uma situação assim. Na mesma mensagem, com receio de não voltar com vida, ele faz um último pedido aos amigos e familiares.

Publicidade

Tô apavorado aqui já. P*, abateram um colega nosso aqui. Meu Deus do céu, cara. A sorte é que eu tava bem bloqueado. O cara se foi, meu. Rapaz, eu vou te falar bem a verdade, Celinha, não sei se volto vivo para o Brasil, mas se eu não voltar vivo, eu quero que vá a bandeira para mim. Pelo amor de Deus, homem, isso aqui não tem quem aguenta, é muita bala. Vou te mandar aí, nosso parceiro morreu ontem. P* que pariu“, diz Douglas.

Publicidade

Búrigo é um ex-militar do Exército e postou em suas redes sociais como foi parar na Ucrânia. No dia 25 de maio, ele apareceu em um vídeo onde esperava um trem na fronteira para ir até Kiev. No vídeo, ele diz que estava indo no sentido da guerra. Lá, ele chegou a participar de um treinamento e entrou no mesmo pelotão de combate que André Hack – outro brasileiro morto em terras ucranianas.

Publicidade

A prefeitura da cidade onde Douglas morava decretou três dias de luto. O Itamaraty ainda não se manifestou sobre a situação.

Publicidade

Escrito por Gabriele

.