in

Vídeo: Bolsonaro é vaiado ao participar de evento em São João de Caruaru, e músicos tentam abafar gritos

O presidente compareceu ao evento para cumprir um cronograma de participação nas festividades no Nordeste.

Reprodução/ Isac Nóbrega/ PR

Na última quinta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi vaiado e hostilizado pelo público ao subir ao palco em São João de Caruaru, Pernambuco. Por outro lado, alguns apoiadores defenderam de forma menos expressiva o político enquanto ele discursava.

Publicidade

Bolsonaro participou rapidamente do evento. Limitou-se a falar por não mais de 30 segundos, dizendo que é sempre um prazer estar no Nordeste, e finalizou desejando que todos fossem iluminados, e que o Brasil fosse abençoado.

O presidente foi recebido por Anderson Ferreira (PL), pré-candidato a governador, e pelo ex-ministro do Turismo e candidato à bancada do Senado, Gilson Machado (PL). Gilson toca sanfona na Banda Forró da Brucelose, que se apresentou quando o presidente foi convidado ao palco da festa.

Publicidade

Publicidade

Algumas pessoas que compareceram no evento relataram ao Estadão, que os músicos aumentam o volume dos instrumentos musicais à medida que as vaias e críticas se intensificavam. Supostamente tentando suprimir os gritos contra o governo Bolsonaro. Vídeos que repercutiram nas redes sociais mostram uma batalha de vozes contra e a favor do presidente.

Publicidade

A presença do presidente no evento não foi isolada, a participação faz parte de um cronograma do executivo-chefe nas festividades no mês de junho no Nordeste. Bolsonaro ainda deve comparecer em João Pessoa, na Paraíba, e em São João de Campina Grande.

Antes do evento, o presidente realizou um passeio de moto pelas ruas da cidade. Gilson Machado registrou o movimento sentado no banco traseiro da motocicleta que Bolsonaro guiava. Nenhum deles estava usando capacete.

Publicidade