in

Menino de 5 anos falece dentro de carro após mãe apresentar síndrome que muitas tem; ciência explica e alerta

Mãe do menino concedeu entrevista e em depoimento contou quanto tempo levou para sentir falta da criança.

KTRK

Um menino de apenas cinco anos faleceu após uma mãe cometer algo que muitos pais e responsáveis podem fazer, mesmo que sem querer. Essa síndrome faz vítimas fatais pelo mundo e é explicada pela ciência em um estudo.

Publicidade

A criança perdeu a vida após ser esquecido dentro de um carro do lado de fora da residência onde vive em Houston, no Texas, Estados Unidos. O menino ficou no lado interno do veículo por cerca de duas horas.

Menino morre dentro de carro

Esse caso foi registrado na noite de segunda-feira (20), enquanto acontece uma onda de calor que atinge a região do incidente, proporcionando temperaturas de 38ºC. Segundo a polícia, a mãe e a irmã mais velha do menino estavam no carro, porém, saíram distraídas com afazeres do aniversário da menina de oito anos e acabaram esquecendo a criança lá dentro.

Publicidade

A mulher disse para a polícia que o menino sabia como se soltar do cinto de segurança e conseguia abrir a porta do carro, que não era preparada com trava para crianças. Ela disse que pensou que o filho tivesse saído do automóvel, assim como elas saíram.

Publicidade

O xerife do condado de Harris, Ed Gonzales, concedeu uma entrevista e na oportunidade disse que a mulher só deu falta pela criança cerca de “duas ou três horas depois” de ter saído do carro. Ela o procurou, chamou por ele, o encontrando desacordado.

Publicidade

Síndrome do bebê esquecido

A ciência explica esse tipo de ato e até o nomeia como “síndrome do bebê esquecido”, inclusive há Ong’s que se dedicam ao monitoramento e prevenção desse tipo de caso. Essa situação pode acontecer com qualquer um, porém, pais ou responsáveis sob privação de sono e estresse estão mais sujeitos a isso. Há alertas também de casos em que crianças abrem o carro sozinhas, entram e acabam trancadas sem conseguir sair.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .