in

Mulher que dormia de conchinha com marido é vítima de deslizamento no Recife: ‘ainda me deu tchau’

Marido está desolado com a tragédia que se abateu sobre a sua casa e vitimou a esposa.

Arquivo pessoal

As chuvas que atingem o Recife e Região Metropolitana desde a semana passada já fez mais de 100 vítimas fatais. Na manhã desta quarta-feira (1º), haviam 106 mortes confirmadas e pessoas desaparecidas. O Corpo de Bombeiros e Defesa Civil fazem trabalho incansável na região.

Publicidade

As histórias que chegam do Recife são tristes. Os mortos não são apenas números, mas pessoas queridas, amadas e que deixarão saudade. Luci Maria da Silva, de 48 anos, morreu após deslizamento na cidade de Jaboatão dos Guararapes, na Grande Recife.

O deslizamento aconteceu no sábado. O marido dela, Glaucio José da Silva, deu detalhes do que aconteceu. O casal dormia de conchinha quando o deslizamento interrompeu a noite de sono e a vida de Luci Maria para sempre.

Publicidade

“Ela morreu nos meus braços, soterrada comigo”, disse Glaucio, abalado com a morte da esposa. “Morreu falando, e ainda me deu tchau. Disse ‘eu estou morrendo, Glaucio, tchau, estou morrendo’. Assim que aconteceu”, contou o homem que agora está viúvo.

Publicidade

Glaucio também perdeu oficina, máquinas, casa, carros, mas afirmou que bem material não é importante. O que ele lamentou mesmo é que nunca mais vai poder ver a esposa. Glaucio contou que foi salvo por vizinhos. No momento em que tudo aconteceu, chovia muito e já havia escurecido.

Publicidade

O sobrevivente agradeceu aos vizinhos. Segundo ele, sem a ajuda dessas pessoas, não teria sobrevivido. Além da esposa de Glaucio, morreu o marido da cunhada dele, Francisco Claudino de Oliveira. Onze pessoas ficaram feridas na casa. 

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!