in

Covid-19: SP inicia dose de reforço em adolescentes de 12 a 17 anos

Vacina deve ser aplicada quatro meses após a segunda dose.

© Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A partir de hoje (30) adolescentes de 12 a 17 anos de idade da capital paulista podem tomar a dose de reforço da vacina contra covid-19. A vacinação estará disponível para aqueles que receberam a segunda dose (D2) há pelo menos quatro meses. Poderão ser utilizados os imunizantes da Pfizer e Coronavac, conforme disponibilidade nas unidades de saúde. A recomendação também vale para adolescentes gestantes e puérperas. No caso dos adolescentes imunocomprometidos, apenas a vacina da Pfizer deverá ser utilizada.

Publicidade

Desde fevereiro deste ano, a dose de reforço estava disponível apenas para adolescentes imunossuprimidos e, até o momento, 4.520 doses foram aplicadas. Em todo o público de 12 a 17 anos já foram aplicadas 978.330 primeiras doses (D1) e 876.506 segundas doses (D2), com cobertura de 115,9% e 103,8%, respectivamente.

A decisão da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de aplicar a dose de reforço do imunzante contra a covid-19 na faixa etária de 12 a 17 anos foi tomada após ofício enviado pela ao Ministério da Saúde (MS) destacando a importância de se ampliar a imunização nesse grupo no momento atual da pandemia e solicitando a inclusão do público como elegível para a dose de reforço.

Publicidade

A inclusão dos adolescentes nos grupos elegíveis para dose de reforço contribuirá na manutenção do cenário epidemiológico da capital. Além da proteção individual do adolescente, essa ampliação contribui diretamente para a preservação da estabilidade no cenário epidemiológico neste momento de chegada do inverno, onde é esperado um aumento de doenças respiratórias, entre elas, a covid-19“, disse o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco.

Publicidade

A vacinação ocorre em toda a rede: UBSs e AMAs/UBSs Integradas, das 7h às 19h, e nos megapostos e drive-thru, das 8h às 17h.

Publicidade


Publicado em 30/05/2022 – 12:11 Por Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil – Brasília


Edição: Maria Claudia

Publicidade

Escrito por Agência Brasil

Agência pública de notícias da EBC. Informações sobre política, economia, educação, direitos humanos e outros assuntos.