in

Monitores de aeroporto exibem vídeos adultos após serem hackeados; polícia foi acionada

Um hacker teria invadido os sistemas dos monitores usadas para publicidade no aeroporto.

REPRODUÇÃO/ UOL

A Infraero chamou a PF na manhã desta sexta-feira (27), após vídeos pornográficos terem sido exibidos em um totem publicitário no aeroporto Santos Dumont, na região central do Rio de Janeiro. O painel onde as imagens foram exibidas está posicionado na área de embarque de passageiros.

Publicidade

Em vez de exibir conteúdo publicitário, o totem estava exibindo imagens de um site famoso de conteúdos sexuais. Os passageiros que circulavam pelo local ficaram perplexos e constrangidos, enquanto outros riram da situação. Suspeita-se que o painel tenha sido hackeado.

A Infraero esclareceu em nota que o totem publicitário é gerenciado por uma empresa que presta serviços terceirizados, e que todo conteúdo exibido nos monitores espalhados pelo aeroporto são de responsabilidade das empresas anunciantes, que utilizam sistemas logísticos e redes de comunicação próprios, que não fazem parte do sistema de informações de voos da Infraero.

Publicidade

Ao tomar conhecimento da exibição das imagens indevidas nos monitores de anúncios no Aeroporto Santos Dumont, um dos principais do Rio, a Infraero disse que tomou as medidas cabíveis, registrou boletim de ocorrência e denunciou o caso à Polícia Federal, além de notificar a empresa responsável pela rede de publicidade.

Publicidade

A Infraero ainda reforçou seu compromisso com a segurança dos passageiros e informou que os monitores associados a este caso permanecerão desligados no aeroporto até que a empresa responsável garanta a sua confiabilidade.

Publicidade

Publicidade