in

Menina de 1 ano e 4 meses perde a vida ao se engasgar com uva e tio desabafa: ‘Ela tinha costume de comer’

Bebê foi levada para o hospital, mas chegou à unidade de saúde sem vida.

G1/O Globo/Montagem

Uma bebê perdeu a vida, na noite da última quarta-feira (25/05), após se engastar com uma uva. A menina, que tinha apenas um ano de quatro meses, chegou a ser levada ao hospital, mas não conseguiu resistir.

Publicidade

O caso aconteceu na zona rural de Felipe Guerra, na região oeste potiguar. Ana Lamonielly de Oliveira Silveira, como era chamada a vítima, morava no Sítio Arapuá. Por volta das 18h40, os pais da menina notaram que ela estava engasgada com a uva, fruto que, segundo um parente, a criança era acostumada a comer.

A família fez de tudo para tentar desobstruir as vias aéreas de Ana, mas sem sucesso. Como não conseguiram fazer com que a bebê desengasgasse com as manobras de socorro, os pais a levaram às pressas para um hospital do município de Governador Dix-Sept Rosado.

Publicidade

Segundo parentes de Ana, o sítio onde a menina residia com a família se localizada no limite entre os dois municípios, e o hospital de Dix-Sept Rosado era o mais próximo. Contudo, quando a criança chegou à unidade de saúde, foi constatado que ela havia entrado em óbito.

Publicidade

Ela tinha costume de comer uva, uma uva sem semente. Era uma das comidas preferidas dela“, conta o tio, que não quis ser identificado. A vítima foi levada para o Instituto Técnico-Científico de Perícia e o corpo recebeu autorização de liberação no dia seguinte.

Publicidade

O enterro de Ana Lamonielly aconteceu na última quinta-feira (26/05). Secretaria Municipal de Assistência Social do município emitiu uma nota de pesar, lamentando o que aconteceu com a menina.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.