in

Professora heroína: docente comete ato de coragem para salvar vida de alunos em massacre no Texas

Massacre no Texas é considerado o maior ataque a uma escola dos Estados Unidos desde outro caso de 2012.

Foto: Divulgação/ Robb Elementary School/Narinder NANU / AFP

Nesta última segunda-feira (24), um atirador entrou em uma escola no Texas, nos Estados Unidos, e provocou um massacre que tirou a vida de 19 alunos e de duas professores. O autor do ataque, que aconteceu em uma unidade de ensino fundamental infantil em Uvalde, foi identificado como Salvador Ramos e tem 18 anos.

Publicidade

Os alunos identificados até o momento são Xavier Lopez, Navaeh Bravo e Amerie Jo Garza, de 10 anos; e Uziah Garcia, de 9 anos. As duas professoras que faleceram vítimas do atirador são Irma Garcia e Eva Meireles. O atirador faleceu no local do incidente depois de uma troca de tiros com a polícia. As motivações, que teriam levado ao massacre, estão sendo investigadas.

Professora salvou vida de crianças em massacre no Texas

A docente Irma Garcia trabalhava na escola Robb Elementary School há 23 anos. De acordo com o filho dela, em entrevista concedida para a rede de televisão americana NBC, policiais que estavam no local do ataque viram que ela se deitou sobre as crianças para protegê-las.

Publicidade

O sobrinho dela, John Martinez, fez uma publicação em seu Twitter dizendo que sua tia é uma verdadeira heroína. A publicação do rapaz atingiu quase um milhão de curtidas, mais de 140 mil compartilhamentos e milhares de comentários.

Publicidade

“Minha tia não conseguiu, ela se sacrificou protegendo as crianças em sua sala de aula, eu imploro para você manter minha família incluindo toda a família dela nas orações de vocês, IRMA GARCIA É O NOME DELA e ela morreu uma HERÓINA. Ela era amada por muitos e fará muita falta”, escreveu ele na publicação.

Publicidade

Massacre no Texas é um dos maiores dos Estados Unidos

O incidente que aconteceu na cidade de Uvalde é um dos maiores dos Estados Unidos, sendo considerado o mais grave desde o ataque à escola Sandy Hook, em Connecticut, no ano de 2012, quando um atirador tirou a vida de 26 pessoas, entre elas 20 alunos de 6 e 7 anos.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .