in

Massacre no Texas: professora se deitou sobre crianças para tentar proteger; afirmou filho da vítima

Informação que a docente tentou proteger as crianças foi dada pelo filho durante uma entrevista.

Reprodução G1

O massacre que aconteceu em uma escola no Texas, Estados Unidos, deixou o mundo em choque. As vítimas eram crianças de uma escola infantil, e o atirador tirou a vida de 19 estudantes e duas professoras. Inclusive, uma das educadoras teria tentado proteger os pequenos.

Publicidade

Irma Garcia, uma das professoras vítima do massacre que aconteceu em uma escola do município de Uvalde, no Texas, era uma pessoa que gostava de viver. Ela curtia ouvir músicas, fazer trilhas e fazer churrasco na companhia do marido. O atentado ocorreu nesta última terça-feira, 24 de maio. A docente trabalhava na escola há 23 anos.

O filho de Irma Garcia concedeu uma entrevista ao canal americano NBC e disse que um amigo policial, que estava no local, contou que viu a mulher deitada em cima das crianças para tentar protegê-las. Além da professora, o assassino acabou tirando a vida de uma colega e mais 19 estudantes da Robb Elementary School.

Publicidade

De acordo com o perfil de Irma no site da instituição de ensino, ela era mãe de quatro filhos, sendo um deles recruta no exército americano. Ela estava casada com Joe Garcia há 24 anos. Com o intuito de auxiliar a família da docente no funeral, amigos começaram uma campanha na internet, para arrecadar valores para arcar com os custos do velório e sepultamento.

Publicidade

Na página da web, a professora é descrita como uma heroína, que sacrificou a vida na tentativa de proteger os seus alunos. De acordo com a informação da polícia local, o assassino é um jovem de apenas 18 anos. Ele morreu no local e ainda não foi divulgado pelos investigadores qual seria a motivação para o atentado. No entanto, antes de cometer o massacre na escola, o homem atirou na avó, que precisou ser levado ao hospital. As vítimas da tragédia já começaram a ser identificadas pelos familiares.

Publicidade
Publicidade