in

Menor cidade de Roraima, com 8 mil habitantes, pagará R$ 800 mil em show de Gusttavo Lima

O cache pago ao sertanejo dividiu opiniões nas redes sociais, ao todo a cidade gastará mais de R$ 1 milhão no evento.

Reprodução/instagram Gusttavo Lima

O Ministério Público de Roraima (MPRR) está investigando a cidade de São Luiz, a menor cidade do estado, por firmar um contrato de R$ 800 mil para contratar o cantor Gusttavo Lima para se apresentar na 24ª vaquejada. A população da cidade é estimada em cerca de 8.000 habitantes, segundo dados do IBGE.

Publicidade

Além de Gusttavo Lima , a dupla sertaneja César Menotti e Fabiano (cache R$ 150 mil) e a cantora Solange Almeida (cache R$ 108 mil) também estão confirmados no evento. A vaquejada deve ocorrer nos dias 1, 2 e 3 de dezembro deste ano. Com PIB de 147,6 milhões de reais, São Luiz tem o segundo menor PIB do estado, atrás apenas da cidade de Uiramutã.

A contratação de Gusttavo Lima repercutiu durante o dia nesta terça-feira após um perfil no Twitter realizar uma comparação do total de moradores de São Luís, com o cachê pago ao sertanejo.

Publicidade

Publicidade

Na comparação, o perfil diz que cada morador pagou cerca de 100 reais pelo show. O usuário ainda ressaltou a Lei Rouanet, que incentiva a cultura. A publicação tinha cerca de 10.000 compartilhamentos e mais de 50.000 curtidas entre os usuários em todo o país. Nos comentários, internautas ironizaram a situação, e sugeriram que a cidade não deve ter nenhum problema para gastar tanto dinheiro público assim com um show.

Publicidade

O prefeito da cidade, James Batista, disse ao G1 que estima que a apresentação de Gusttavo Lima tenha um público de 50 mil pessoas. A vaquejada terá três dias e, segundo o prefeito, um total de 100 mil pessoas devem participar do evento.

Batista disse também que esperavam que o show iria ter uma grande repercussão, e contou que era exatamente essa a estratégia para atrair todo o estado de Roraima para São Luiz.

Publicidade