in

Tragédia: caixa d’água com 10 mil litros desaba em escola e deixa uma vítima fatal em Goiás

Segundo a mãe de um aluno da escola, as crianças ficaram assustadas e começaram a chorar após o acidente.

REPRODUÇÃO/ CORPO DE BOMBEIROS

Uma mulher morreu e outra foi socorrida após uma caixa d’água desabar na Escola Municipal Souza Lima, na cidade de Cristalina, em Goiás. O acidente aconteceu na tarde desta segunda-feira (23). O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado.

Publicidade

Segundo informações da corporação, as vítimas eram funcionários da unidade escolar, que fica localizada na zona rural do município. A trabalhadora que não resistiu já estava sem sinais vitais quando o resgate chegou no local. A segunda vítima, de 43 anos, sofreu uma fratura exposta na perna esquerda e hematomas por todo o corpo. Ela estava consciente, e foi socorrida com quadro clínico instável.

Ainda de acordo com militares do Corpo de Bombeiros, a caixa d’água tinha limite para 10 mil litros de água, e ficava fixada a uma estrutura metálica na área externa da instituição de ensino.

Publicidade

Publicidade

Os pais dos estudantes receberam poucas informações sobre o acidente, segundo Soraya Pereira Cavalcante, 27 anos, mãe de um aluno da escola. Ela disse em entrevista ao portal Correio Braziliense que a escola só os comunicou sobre o acidente quase duas horas depois, e disse que não houve ajuda na organização da saída das crianças do colégio.

Publicidade

Segundo o relato de Soraya, as crianças estavam chorando e ficaram assustadas. A escola teria mandado mensagens solicitando que os pais buscassem os alunos com urgência, mas nem todos tinham acesso à internet.

A prefeitura de Cristalina disse que não tinha mais informações do acidente, visto que a escola fica em uma zona rural, o que torna difícil o acesso, além de não ter sinal de rede. A prefeitura informou ainda que a unidade escolar está passando por reformas, e sempre visa o bem e conforto de alunos e funcionários do local.

Publicidade