in

Mulher que foi sequestrada e teve rosto tatuado à força pelo ex-namorado fala pela primeira vez: ‘Me matou por dentro’

Tayane Caldas, de 18 anos, teve seu rosto tatuado à força por Gabriel Henrique Alves Coelho.

Foto: Pedro Melo/TV Vanguarda

A jovem Tayane Caldas, de 18 anos, falou pela primeira vez após ter seu rosto tatuado à força por seu ex-namorado, Gabriel Henrique Alves Coelho. O rapaz não aceitou o fim do relacionamento e sequestrou Tayane, a manteve em cárcere privado, durante o fim de semana, e tatuou seu próprio nome no rosto da jovem.

Publicidade

Gabriel Henrique Alves Coelho foi preso, após a família de Tayane denunciar o caso à polícia. Ele descumpriu duas medidas protetivas — uma de 2021 e outra de 2022 — que o impedia de manter qualquer tipo de contato com a ex-namorada.

Em entrevista ao G1, Tayane contou que estava indo para um curso na sexta-feira (21/05) de manhã, quando foi abordada por Gabriel. Ela estava no ponto de ônibus, quando o rapaz passou com o carro do pai e mandou ela entrar dentro do veículo. Segundo Tayane, o pai de Gabriel deixou os dois na casa do rapaz e foi trabalhar. Começava ali uma sessão de tortura.

Publicidade

Gabriel Coelho agrediu Tayane e disse que faria uma tatuagem no rosto da jovem. Ela chorou e implorou para ele não fazer isso, pois ele já tinha feito outras duas tatuagens nela a força: uma no seio e outra na virilha. O choro da jovem foi em vão, e Gabriel tatuou o seu próprio nome no rosto da ex-namorada, que a esta altura já estava amarrada.

Publicidade

Tayane Caldas só pôde ver a tatuagem quando o rapaz terminou de fazer e sua única reação foi chorar: “Não era mais eu, não sou eu com isso aqui. Para mim, ele me matou por dentro“, disse a jovem, revelando qual é a intenção de Gabriel com a tatuagem: “Me marcar e dizer que eu sou propriedade dele”.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com