in

Prepare o agasalho e o bolso: geada deve deixar alimentos ainda mais caros; especialistas explicam

Diversos produtos agrícolas devem ficar ainda mais caro após a onda de frio que assola algumas regiões.

Foto: Novo Clique/Débora Carvalho/ TV Diário/Roberto Gardinalli/Futura Press/Estadão Conteúdo

O Brasil está sendo atingido por uma onda de frio intenso que deve perdurar até o próximo domingo (22), causando geada, neve e chuva congelante. A queda brusca da temperatura e os fenômenos climáticos têm deixado os agricultores em sinal de alerta.

Publicidade

Os produtores que podem ser mais prejudicados com o frio são os plantadores de cana-de-açúcar, banana e hortaliças. Especialistas explicam que essas culturas são as mais sensíveis em caso de geadas, podendo diminuir a qualidade de itens e o aumento de preço.

Frio pode elevar preço do alimento

Caso a produção de alimentos seja afetada com o frio, os consumidores podem encontrar produtos mais caros nas prateleiras e, para piorar o cenário, sem uma boa qualidade. Lembrando que o café e alguns legumes tiveram alta nos preços no último ano.

Publicidade

A geada é quando tem formada uma camada de gelo nas superfícies, devido a intensa queda de temperatura e quando a umidade do ar está elevada. Há previsões desse evento climático nos estados da Região Sul, no Mato Grosso do Sul, no Sul de Minas Gerais e no Sul e Oeste do estado de São Paulo.

Publicidade

Consequências do frio

O pesquisador de hortaliças do Cepea, João Paulo Bernardes Deleo, diz que produtos como batata, alface e tomate sofrerão grande impacto se atingidos por uma geada. O especialista aponta que todo vegetal folhoso é sensível e que toda região brasileira produz, mas as regiões Sul e Sudeste possuem a maior parte dessa produção.

Publicidade

A carne também pode sofrer alterações nos preços, uma vez que o pasto onde o gado é criado, pode ser destruído com geadas. Até o mel de abelha pode sofrer alteração na produção e elevação do custo.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .