in

Bebê de 8 meses perde a vida ao receber injeção; família está revoltada: ‘não pode ficar impune’

Valentim, de apenas oito meses, apresentava sintomas parecidos com os de gripe.

Leila Tagli / Reprodução G1

A família do bebê Valentim Viegas Mazagão dos Santos, de apenas oito meses, está de luto e revoltada com a morte dele. Valentim não estava se sentindo bem e os familiares decidiram levá-lo até uma unidade de saúde no Guarujá, litoral de São Paulo.

Publicidade

Em período como o outono, os problemas respiratórios são recorrentes e a família desconfiava de gripe. Com convênio, Valentim foi levado a um centro médico da Intermédica. No local, a pediatra que atendeu o bebê pediu raio-X e indicou a aplicação de uma injeção.

O raio-X não poderia ser feito no local, já que não havia o equipamento para tal procedimento. A médica orientou os familiares a levarem Valentim para a unidade de Santos. Antes disso, porém, a médica aplicou a hidrocortisona intramuscular 100 mg.

Publicidade

Quando a família deixava a unidade de saúde, Valentim começou a passar mal. Eles retornaram com a criança rapidamente. Valentim recebeu novo atendimento, a médica pediatra iniciou o procedimento de reanimação, mas a morte foi confirmada logo depois.

Publicidade

O pequeno Valentim não resistiu. Madalena Mazagão, tia de Valentim, está revoltada. “Isso não pode ficar impune”, desabafou. Ela disse ainda que sabe que isso não trará o sobrinho de volta, mas quer evitar que outras famílias passem por essa dor de perder um bebê dessa forma. 

Publicidade

A Delegacia de Polícia do Guaraujá investiga o ocorrido como morte suspeita. De acordo com a família de Valentim, a médica que os atendeu informou que o bebê faleceu porque broncoaspirou o catarro que estava acumulado em seu organismo. Laudo do IML vai apontar a causa oficial da morte.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!