in

Diretora de escola pode ser punida por tocar músicas de Marília Mendonça e Zé Felipe durante evento do Dia das Mães

Pais e responsáveis pelos alunos da instituição de ensino não ficaram satisfeitos com as músicas do evento.

Reprodução RicMais - SBT

O Dia das Mães está chegando e, com isso, as celebrações em torno do evento ficam cada vez mais forte, especialmente nas escolas. As instituições de ensino costumam fazer homenagens para as mães neste período do ano. No entanto, a diretora de uma escola municipal do estado do Paraná acabou se tornando alvo de polêmica por esse motivo.

Publicidade

A diretora da Escola Municipal Parigot de Souza, de Rolândia, que fica localizada no norte paranaense, pode acabar sendo afastada da função depois de uma reclamação dos pais. O motivo da insatisfação foram as músicas usadas pela instituição de ensino durante o evento, como Malvada e Esqueça-me se for capaz, do sertanejo Zé Felipe e da saudosa Marília Mendonça.

A lista de músicas usadas na celebração causou descontentamento entre os responsáveis pelos estudantes que tem idade entre sete e dez anos. Nos vídeos que foram divulgados na internet uma mulher surge cantando as músicas que possuem letras de cunho sexual. Inclusive, é possível notar que ela tenta censurar alguns trechos, mas os estudantes continuam cantando.

Publicidade

Publicidade

Nesta última terça-feira, 3 de maio, Reginaldo Silva, presidente da Câmara, e a vereadora Janaína Beneli, estiveram na escola e na Secretaria de Educação do município. Segundo informação do vereador Rodrigo há possibilidade da abertura de uma sindicância para apurar os fatos. Dependendo do resultado da investigação, a diretora da instituição pode até ser afastada de suas funções.

Publicidade

A Secretaria de Educação divulgou uma nota afirmando não compactuar com a conduta praticada na escola durante o evento e ressaltou que é um caso isolado. Por fim, o comunicado diz que as medidas necessárias para averiguação dos fatos serão tomadas.

O vereador Rodrigo usou o seu perfil nas redes sociais para dizer que familiares dos estudantes da escola o procuraram insatisfeitos com as músicas que tocaram durante o evento.

Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.