in

‘Eu nunca mais vou ver meu filho por causa de um celular’, desabafa mãe de jovem vítima de assalto

Renan Silva Loureiro, de 20 anos, morreu no bairro do Jabaquara, na zona sul de São Paulo.

Reprodução Globo

Clarice Silva, mãe de Renan Silva Loureiro, jovem de 20 anos que foi morto em São Paulo, na semana passada, durante assalto, falou com a equipe de reportagem do Fantástico, da TV Globo, neste domingo (1º). Clarice expôs o drama ao ver o filho perder a vida de forma banal.

Publicidade

A mulher ficou emocionada e chorou durante a entrevista em que recordou o filho. Renan foi assassinado no dia 25 de abril, quando passava por uma rua do bairro Jabaquara, na zona sul de São Paulo, acompanhado da namorada. A jovem também conversou com o Fantástico, mas sem se identificar.

Renan tentou reagir ao assalto, mas foi alvejado quatro vezes por Axcel de Holanda Perez, que saiu de casa de moto e com uma bag de uma empresa que entrega comida por aplicativo. Axcel se entregou à polícia quatro dias depois do crime. As imagens do crime chocante viralizaram nas redes sociais e até o presidente Jair Bolsonaro (PL) comentou sobre o assunto.

Publicidade

Segundo Clarice, Renan era bondoso, amigável, trabalhador e gentil. O rapaz havia feito 20 anos cerca de um mês antes da morte. A namorada contou que Renan era atencioso e carinhoso. Os dois pensavam em se casar. “Vou repensar todo plano futuro que eu tinha”, disse a jovem. Ela também acredita que Renan não teria reagido se estivesse sozinho. 

Publicidade

Chorando muito, Clarice disse que seu filho morreu ao lado de alguém que amava. “Eu nunca mais vou ver o meu filho por causa de um celular”, desabafou a mãe. Preso, Axcel responderá por latrocínio (roubo seguido de morte) e pode pegar até 30 anos de detenção. 

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!