in

McDonald’s pode ser multado em R$ 11 milhões após polêmica com ‘McPicanha sem picanha’

Órgãos fiscalizadores e de direitos ao consumidor notificaram e rede de fast-food e solicitaram detalhes da composição dos lanches.

REPRODUÇÃO/ INSTAGRAM McDonald's

O McDonald’s retirou de seus cardápios no Brasil os sanduíches da linha ‘McPicanha’. A decisão é válida a partir desta sexta-feira (29). Os novos lanches estavam no cardápio desde 5 de abril, no entanto, a composição do lanche tem gerado polêmica entre os consumidores.

Publicidade

O blog ‘Coma com olhos’ postou informações sobre o lanche, e apontou que o McDonald’s poderia ser alvo de denúncias por propaganda enganosa, já que a composição do lanche não contém a carne nobre, como indica o nome, apenas um molho sabor natural de picanha. A rede de fast-food reconheceu que os novos sanduíches podem não conter picanha entre os ingredientes.

O Procon de São Paulo enviou uma notificação à rede alimentícia e solicitou que a empresa forneça a tabela nutricional do lanche, que inclui a composição dos ingredientes. A empresa também deverá fornecer documentos dos testes de qualidade do produto. O prazo vai até 2 de maio. De acordo com o órgão, a empresa pode ser multada em 11,6 milhões. O Ministério da Justiça também notificou a rede de fast-food, e deu 10 dias para esclarecimentos sobre a composição do lanche.

Publicidade

O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) comentou o caso, e disse que iniciou um processo no dia 26 para verificar se as mensagens publicitárias são verdadeiras, com base nas reclamações dos consumidores. Este procedimento visa identificar eventuais infrações ao Código Brasileiro, referentes à publicidade.

Publicidade

O McDonald’s disse em nota que os dois novos ‘McPicanha’ foram retirados do cardápio em todo o Brasil. A rede pediu desculpas pela confusão gerada pelo nome escolhido para o lanche, e informou que está avaliando o caso.

Publicidade

Publicidade