in

Artista recria rosto de Beatriz, que teve vida tirada em escola aos sete anos, e mostra como ela estaria hoje

Artista usou computação gráfica para recriar rosto de Beatriz Mota, que perdeu a vida em escola.

Reprodução/Instagram

O uso da computação gráfica proporciona maravilhas para a sociedade. O recurso tecnológico tem sido usado cada vez mais pela Polícia, para a reconstrução de rostos pessoas desaparecidas, ilustração de retrato falado ou outros meios para facilitar investigações.

Publicidade

Outros usos do recurso são para a recriação de rostos famosos da história, de uma época em que não havia fotografias, ou ainda, para recriar a face de pessoas que perderam a vida muito jovens ou tiveram tirado o direito de viver pelas mãos de criminosos.

Artista recria rosto de Beatriz Angélica Mota

Um famoso artista plástico, que já tem mais de 250 mil seguidores nas redes sociais recriou o rosto da pequena Beatriz Angélica Mota, que teve a vida tirada aos sete anos, no dia 10 de dezembro de 2015, dentro de uma escola particular em Petrolina, no estado do Pernambuco.

Publicidade

A menina foi encontrada sem vida durante uma celebração de formatura no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, que é a mesma instituição de ensino onde o pai dele ministrava aulas.

Publicidade

Se estivesse viva, hoje Beatriz estaria com 14 anos. Foi esta a idade que o artista Hidreley Diao tomou como referência para recriar o seu rosto. Abaixo é possível ver um comparativo da menina com sete anos e como ela estaria, se estivesse viva.

Publicidade

Caso Beatriz Angélica Mota

Após anos sem solução, o caso começou a ganhar novos rumos, quando Marcelo da Silva, de 40 anos, foi identificado como o suspeito pelo assassinato da menina, tendo confessado o ato. Durante o depoimento, no presídio de Salgueiro, o homem disse que nunca tinha feito anteriormente um crime “tão bárbaro” quanto este. Ele ainda não foi a julgamento.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .