in

Mulher dispara contra morador de rua com quem foi flagrada: ‘Não aceito mais que abra a boca pra falar de mim’

Sandra Mara concedeu entrevista pela primeira vez e falou sobre todos os detalhes da polêmica.

YOUTUBE | SBT | METRÓPOLES

Na última quinta-feira (28), Sandra Mara, mulher envolvida na polêmica com o marido e um morador de rua, contou sua versão dos fatos pela primeira vez. Sandra foi flagrada pelo marido, Eduardo Alves, mantendo relações íntimas com o morador de rua Givaldo Alves. Na ocasião, Eduardo acreditou que a esposa pudesse estar sendo vítima de estupro, espancando Givaldo brutalmente.

Publicidade

Ao deixar o hospital, o morador de rua contou sua versão dos fatos e negou que tivesse cometido abuso contra Sandra. Segundo ele, a mulher o abordou na rua e pediu para manter relações com ele. Em entrevista ao SBT News, a esposa do personal trainer revelou que foi vítima de um surto psicótico.

Sandra chegou a ficar internada por vários dias, e contou que segue tomando remédios controlados para se recuperar do trauma. A esposa de Eduardo saiu em defesa do marido, que suportou vários comentários negativos, inclusive de que teria sido traído.

Publicidade

Quanto às declarações dadas por Givaldo Alves, que contou detalhes do encontro com Sandra, a mulher revelou que buscou auxílio na Justiça. Segundo ela, o morador de rua não pode mais citar seu nome em público. “Não aceito mais que abra a boca pra falar de mim! Eu não aceito mais“, disparou a esposa de Eduardo.

Publicidade

Por fim, Sandra Mara afirmou que buscaria seus direitos contra todas as pessoas que a difamarem em cima dos fatos ocorridos. A esposa do personal trainer também se defendeu das acusações de que ela e o marido estariam buscando fama. Ela afirmou, ainda, que falta muita empatia por parte das pessoas por falta de conhecimento.

Publicidade
Publicidade