in

‘Eu não escolhi ter sido humilhada’, diz mulher que fez amor com morador de rua em primeiro desabafo

Sandra Mara abriu o coração para o público depois de ser internada em clínica psiquiátrica.

Instagram Sandra Mara

No mês passado, um caso começou a chamar bastante atenção nas redes sociais por todo o Brasil. Sandra Mara Fernandes virou alvo de críticas e pauta em diversos portais de notícias depois de ter sido flagrada fazendo amor com um morador de rua, identificado como Givaldo Alves, de 48 anos.

Publicidade

O marido de Sandra Mara, Eduardo Alves, flagrou a esposa no ato com o morador de rua dentro do carro dela no começo de março deste ano. O vídeo do caso não demorou muito para virar um dos assuntos mais comentados do país.

Sandra foi internada em uma clínica psiquiátrica para receber os devidos cuidados, pois teria sofrido um surto psicótico que a teria feito ter relações com o morador de rua, que até então era um desconhecido para ela.

Publicidade

Na tarde desta quarta-feira (27/04), Sandra decidiu se manifestar pela primeira vez sobre o ocorrido. Ela apareceu bastante abatida contando sobre o que tem passado diante da repercussão do caso: “Fui vítima de chacotas, humilhações em rede nacional. Fui taxada como uma mulher qualquer, uma mulher promiscua , uma mulher com fetiches , uma traidora“, disse.

Publicidade

Sandra se mostrou bastante abalada pelo fato de ter recebido críticas de outras mulheres, que para ela deveriam tê-la defendido ao invés de apontar o dedo. “NÃO escolhi ter um SURTO, eu NÃO escolhi ter sido HUMILHADA, eu NÃO escolhi ter minha vida EXPOSTA e DEVASTADA!“, desabafa.

Publicidade

A esposa de Eduardo ainda aproveitou para fazer um agradecimento ao marido por tê-la defendido e lhe prestado apoio nesses momentos difíceis. Veja a publicação completa acima.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.