in

Grávida, mãe de menina que perdeu a vida após ser prensada por carro alegórico desmaia no velório da filha

Raquel, de 11 anos, morreu três dias após ter sido prensada entre um carro alegórico e um poste.

Gustavo Wanderley/g1/TV Globo

Raquel Antunes da Silva, de 11 anos, morreu na última sexta-feira (22), três dias após ter sido prensada entre um carro alegórico e um poste. No velório deste sábado (23), a mãe da menina, Marcela Portelinha, precisou ser amparada e chegou a desmaiar no cemitério do Catumbi, no Centro do Rio de Janeiro. ”Eu quero minha menina”, disparou Marcela, ressaltando que “isso não tem que ficar assim”.

Publicidade

Após o velório, Marcela teve que ser carregada até uma unidade do Samu, que estava ao lado da entrada do cemitério. Durante o enterro da filha, Marcela, que está grávida, desmaiou por diversas vezes e, por isso, precisou ser amparada por amigos e familiares. Uma ambulância foi chamada para prestar atendimento médico para a mãe de Raquel.

A família e amigos de Raquel aproveitaram o momento do enterro para fazerem um protesto, pedindo por justiça. Um cartaz divulgou o desejo que a menina descanse em paz e que Deus conforte o coração dos que estão sofrendo com a perda precoce.

Publicidade

O acidente com a menina de 11 anos aconteceu na dispersão do primeiro dia de desfiles na Sapucaí. Testemunhas relataram que ela subiu no carro alegórico da Em cima da Hora, a cerca de 200 metros do portão da Marquês de Sapucaí.

Publicidade

Luta pela vida de Raquel

Após o acidente, Raquel teve uma das pernas amputada e ficou dois dias internada em estado gravíssimo. A menina estava sob cuidados médicos na unidade hospitalar Souza Aguiar. 

Publicidade

Durante o procedimento cirúrgico para a retirada da perna, a menina acabou sofrendo uma parada cardiorrespiratória. Além disso, Raquel também sofreu traumatismo no tórax e estava respirando com a ajuda de aparelhos. De acordo com informações passadas pelo hospital, a menina teve hemorragia interna.

Publicidade