in

Mãe lamenta execução de filho de 13 anos na Ucrânia; mais de 200 crianças perderam a vida

Menino de 13 anos é uma das mais de 200 crianças que perderam a vida no conflito entre Ucrânia e Rússia.

Foto: Arquivo pessoal via BBC

A guerra entre Rússia e Ucrânia tem feito milhares de vítimas dia após dia. Em meio a tanta barbaridade pela disputa de poderes, mais de 200 crianças inocentes perderam a vida em bombardeios e outros tipos de execução, o que tem causado espanto e comoção em todo o mundo.

Publicidade

A mãe de um menino de 13 anos, chamado Elisei Ryabukon, é mais uma triste vítima da guerra que precisou enterrar o seu filho. Evehen Ryabukon deu um tapa de leve no caixão em que estava o adolescente, parecendo ter uma conversa com ele, andes de se despedir.

Mãe lamente execução de filho

A mulher chorava copiosamente antes de conseguir concluir essa conversa final com o filho. A mãe ajustava a moldura de uma imagem, que mostrava um garoto sorridente, que faria 14 anos em maio.

Publicidade

Elisei faleceu ao ser atingido a tiros por soldados russos. Para se despedir dele, a família, vizinhos, colegas e amigos foram até uma igreja, que fica em Brovary, cidade vizinha de Kiev. A população tinha se dispersado durante o conflito, mas agora estava reunida para o momento de luto.

Publicidade

Mais de 200 crianças falecem no conflito entre Rússia e Ucrânia

O menino é uma das mais de 200 vítimas na guerra travada entre Rússia e Ucrânia. Esse número é estimado pelo governo ucraniano, porém, é possível que outras também tenham perdido a vida sem terem sido registradas, com mais de centenas feridas.

Publicidade

Hospitais do país, como o Ohmatdyt, recebem dezenas de crianças atingidas em ataques. Um deles foi o pequeno Daniil Avdeenko, de apenas seis anos, ferido, com seus pais, durante um bombardeio que assolou o bairro residencial onde eles moravam.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .