in

Homem gasta mais de R$ 6 mil em bar, finge convulsão e desafia o gerente: ‘não vou pagar, não’

Cliente gastou com carnes, petiscos e bebidas caras em bar de região nobre de Goiânia (GO).

Reprodução: UOL

Ruan Pamponet Costa, de 28 anos, chegou a um bar do bairro Setor Marista, em Goiânia, se passando por jogador de futebol na noite de sexta-feira (16). Acompanhado de um amigo e de algumas mulheres, Ruan pediu tudo o que podia. Carnes, petiscos e bebidas caras foram levadas até a mesa.

Publicidade

Duas garrafas de uísque Blue Label custaram R$ 2,9 mil. Vinte latinhas de enérgico Red Bull também foram pedidas. Picanha e camarões serviram de alimento. A conta total deu R$ 6.275. Na madrugada de sábado, os acompanhantes de Ruan deixaram o bar.

O homem ficou sozinho na mesa. Minutos depois, ele fingiu ter sofrido uma convulsão. Funcionários do bar chamaram o Corpo de Bombeiros. Os socorristas confirmaram que o homem não estava passando mal. Ao ser questionado pelo gerente sobre o pagamento da conta, Ruan respondeu de forma direta.

Publicidade

“Pode chamar a polícia, não vou pagar, não”, disparou o homem. A Polícia Militar foi acionada. Ruan foi levado à delegacia. No local, não quis prestar depoimento, não forneceu seu nome correto e se negou a assinar um termo de ocorrência.

Publicidade

Preso em flagrante, Ruan participou de audiência de custódia no sábado. A juíza Lívia Vaz da Silva ficou responsável por analisar o caso. A magistrada fixou multa de R$ 10 mil para que Ruan fosse solto. Não há informações se o valor foi pago.

Publicidade

De acordo com o UOL, há 41 processos com o nome do suspeito. Ele teria cometido estelionato em outros estados, como Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Norte e também no Distrito Federal.

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!