in

Caso Lara – mãe da menina recebe mensagem no celular: ‘pegando criança inocente para ritual’

Luana recebeu mensagens no WhatsApp de três números diferentes; polícia investiga.

Reprodução Record TV

A Polícia Civil de São Paulo segue investigando a morte da menina Lara Nascimento, de 12 anos. A adolescente desapareceu no dia 16 de março e foi encontrada sem vida três dias depois. Ela morava com a família em Campo Limpo Paulista. O corpo foi encontrado em Francisco Morato. Ambas cidades da Grande São Paulo.

Publicidade

Um mês depois do crime, as investigações continuam e o principal suspeito de ter tirado a vida de Lara é Wellington Galindo de Queirós. O homem aparece em imagens de câmera de segurança dirigindo um carro prata que circulou próximo ao local onde Lara desapareceu.

Wellington está foragido depois que a Justiça decretou a prisão preventiva de 30 dias. O suspeito não se apresentou à polícia para esclarecer o que estava fazendo na região onde Lara desapareceu. Na manhã do desaparecimento, o mesmo carro foi filmado próximo ao local onde o corpo foi achado.

Publicidade

Mãe de Lara recebe mensagens

A mãe da menina Lara, Luana, tem recebido mensagens no WhatsApp. Três números diferentes enviaram mensagens para ela com supostas informações do paradeiro do criminoso que tirou a vida da garota de 12 anos. Luana repassou as mensagens para a polícia.

Publicidade

“Moça, eu vi sua filha”, diz uma delas. “Estou tentando ajudar”, diz outro número. “Eu tentei avisar que tinha pego sua filha”, foi outra mensagem recebida por Luana. Em outra, é ditado que “está pegando criança inocente para fazer ritual”. Nenhuma das informações passadas levaram ao paradeiro do suspeito. Isso faz  com que haja desconfiança de que quem cometeu o crime esteja por trás das mensagens, com o objetivo de despistar a polícia.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!