in

Anvisa proíbe a venda de lotes de Kinder Ovo no Brasil por casos de salmonela; como identificar

Resolução da Anvisa proíbe a venda de lotes específicos de Kinder Ovo no Brasil e empresa se pronuncia.

Victoria Jones/PA Images via Getty Images

Nesta última quinta-feira (15) a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), proibiu a comercialização, importação, distribuição e uso de produtos da marca Kinder, como os Ovos Surpresa, tão popular entre as crianças. O recolhimento dos itens é por suspeita de contaminação de salmonela.

Publicidade

A proibição da venda dos produtos é por um lote específico, inclusive informado pela empresa através de um comunicado que está em destaque nos principais sites e portais. Somente os produtos fabricados pela empresa Ferrero, da Bélgica, não devem ser consumidos.

A marca garante que essa proibição não afeta nenhum dos produtos vendidos no país, uma vez que são fabricados no Brasil. Garante que os chocolates e ovos de Páscoa, comercializados pela Ferrero do Brasil, são seguros para serem consumidos.

Publicidade

Identificação de lotes de Kinder Ovo

Publicidade

Os produtos fabricados na Bélgica não são importados pela fabricante. Apesar disso, a Anvisa determinou a proibição dos produtos vindos do país europeu, uma vez que a sociedade pode consumir os chocolates trazidos por pessoa físicas, importadoras ou turistas na Europa. Para identificar, você precisa constatar no rótulo da embalagem, se o produto é fabricado no país ou importado.

Publicidade

A notificação para a empresa também é informar sobre os itens e controle de importações por terceiros. O órgão comunica que acompanha atentamente a situação e que tomará as ações necessárias.

Comunicado da Kinder

Em nota, a Ferrero do Brasil confirmou a notificação da Anvisa e que já está atuando com as autoridades do país. Informa ainda que está à disposição para prestar qualquer informação que seja necessária e no esclarecimento de dúvidas. Acima é possível ver uma nota da empresa, disponibilizada em diversos sites, no caso, o portal de notícias do G1.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .