in

Caso Flordelis: mais cinco réus são julgados e um deles é o filho biológico; advogado passa mal

Cinco dos 11 réus do caso Flordelis e pastor Anderson são julgados no crime que continua sendo um mistério.

Reprodução/G1

Nesta última terça-feira (12), cinco dos 11 réus que são acusados de terem tirado a vida do pastor Anderson do Carmo, esposo da ex-deputada federal e pastora Flordelis dos Santos de Souza, de 61 anos, foram a júri popular.

Publicidade

Esse julgamento, que teve a divisão em três partes, aconteceu no Fórum de Niterói, que fica na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Em novembro do ano passado dois filhos da pastora foram condenados.

Julgamento do caso Flordelis e pastor Anderson

Agora foram julgados mais três filhos dela, sendo um biológico, um ex-policial militar e a esposa dele. A ex-deputada ficará na última parte do processo, previsto para acontecer no dia 9 de maio deste ano, juntamente com mais três pessoas acusadas. Flordelis alega ser inocente do crime e não esteve presente na segunda etapa.

Publicidade

Julgamento de filhos de Flordelis passa de 21 horas

O julgamento ainda acontece em Niterói e já passa de 21 horas. Até a manhã desta quarta-feira (13), doze pessoas foram ouvidas e os réus interrogados. A próxima etapa se dará com os sete membros do júri votando o veredito.

Publicidade

Advogado de filho de Flordelis passa mal

O julgamento de um dos filhos da ex-deputada, André Luiz de Oliveira, que responderia nesse julgamento, teve o processo adiado, pois o advogado dele passou mal. Continua o julgamento dos filhos Adriano dos Santos Rodrigues e Carlos Ubiraci Francisco da Silva. O ex-policial Marcos Siqueira Costa e a esposa dele, Andrea Santos Maia.

Publicidade

O caso

O pastor Anderson foi assassinado no dia 16 de junho de 2019 por volta das 4h. Ele estava chegando de um passeio com a esposa, foi abordado e recebeu mais de 30 tiros. Anderson tinha 42 anos e não resistiu aos ferimentos. Após investigarem o caso, a pastora, alguns dos filhos e terceiros, foram considerados suspeitos por tramarem e executarem o crime.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .