in

Crise do gás faz mais uma vítima: jovem falece com 85% do corpo queimado com álcool por não ter dinheiro

Vítima ficou internada em litoral do estado de São Paulo esperando por transferência em hospital especializado.

Reprodução/G1

A alta do preço do gás fez mais uma vítima fatal, que não tinha dinheiro para comprar o item básico e que precisou usar álcool para cozinhar. Uma jovem de 26 anos sofreu queimaduras graves em São Vicente, no litoral do estado de São Paulo, e faleceu depois de ser transferida para um hospital de referência na capital paulista.

Publicidade

Angélica Rodrigues estava cozinhando com álcool de combustível e, de acordo com a mãe dela em entrevista ao G1, a vítima ficou com 85% do corpo queimado. A jovem ficou internada no Hospital Municipal I no litoral, depois do acidente doméstico.

Jovem falece com álcool

De acordo com a família de Angélica, depois de cerca de duas semanas aguardando, a vítima conseguiu uma vaga no hospital de referência e foi transferida, porém, acabou perdendo a vida durante a preparação de uma cirurgia para remoção de pele.

Publicidade

Segundo informações de Silvia Regina dos Santos, 42 anos, mãe da jovem, ela sofreu a queimadura quando estava cozinhando. “Achou que a chama do potinho tinha acabado, virou o galão de álcool, o fogo veio para cima do galão e pegou no corpo dela. Ela se assustou, sacudiu o galão, e foi para o corpo dela todo”, falou a cozinheira.

Publicidade

Família sofre com perda da jovem

A tia da vítima, Thamires da Silva, de 22 anos, disse que a família está sofrendo muito com o falecimento de Angélica, acrescentando o fato de terem dificuldades para conseguir o traslado do corpo após o falecimento. A família contou com a ajuda do município para o transporte, posteriormente programarão o velório e o sepultamento. A familiar foi quem contou que a jovem não tinha o dinheiro para comprar o gás.

Publicidade

Vítimas fatais de álcool

Essa não é a primeira vítima a falecer queimada por álcool. Em setembro de 2021 uma mãe faleceu queimada ao usar o líquido para cozinhar e seu filho, de oito meses, ficou gravemente ferido com queimaduras.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .