in

Golpe! Cantora Gospel é suspeita de lesar mais de 300 pessoas

Isabela Cristi Gomes Barros, se apresentava como cantora gospel e proprietária de empresa de investimentos.

Divulgação / G1

Isabela Cristi Gomes Barros, 28 anos, está sendo acusada de aplicar golpes, na capital de Belo Horizonte. A suspeita é cantora evangélica e proprietária de uma empresa de investimentos.

Publicidade

A envolvida se identifica como “trader” – que são pessoas especialistas do mercado financeiro, no qual fazem transações de compra e venda na bolsa de valores e outros investimentos. As vítimas investiam o capital com o intuito em receber um valor a mais, contudo, não era o que acontecia.

Isabela é casada com David Robson de Barros, de 33 anos. Segundo a Polícia Civil, tem um inquérito aberto em face de Isabela pelo crime de estelionato, no entanto, não se sabe explicar o motivo do esposo também não ser investigado.

Publicidade

A proposta feita pelo casal era provocante. Os investidores aplicavam o dinheiro junto a empesa e, após 40 dias tinha em média de 100% de lucro. Em alguns casos o lucro era maior ainda, podendo chegar de 200% até 400%. Os adquirentes afirmam que até maio de 2021 o pagamento era realizado na data correta. Entretanto, do mês de maio em diante os investidores estão no prejuízo.

Publicidade

Cerca de 300 pessoas reclamam de ter levado prejuízo. Uma das vítimas, na qual a identidade não foi revelada, afirmou que teve uma perda de R$ 150 mil reais. Relatou ainda que está muito triste, arrependido e sem dinheiro.

Publicidade

Uma outra mulher afirma que foi vítima do casal. Aduz que inicialmente, investiu o valor de R$ 23 mil e, que com pouco tempo recebeu uma boa quantia em dinheiro. Relata ainda que convidou mais de 80 pessoas a investirem na empresa, com isso, ganhou credibilidade junto ao casal. 

Publicidade