in

RJ: Polícia cumpre mandato de busca e apreensão na residência do vereador Gabriel Monteiro

Nesta quinta-feira (07), polícia Civil faz operação e cumpre mandado de busca e apreensão.

Divulgação / G1

Nesta quinta-feira (07), Gabriel Monteiro foi alvo de mandado de busca e apreensão. A operação foi realizada na residência do vereador, situada no condomínio Mansões, Zona Oeste da capital, e na câmara dos vereadores.

Publicidade

Gabriel Monteiro está sendo acusado por assédio moral, sexual e violência. A operação que aconteceu nesta manhã (07), ocorreu com o intuito de apreender documentos a respeito do vazamento de um vídeo, publicado nas redes sociais do vereador fazendo sexo com uma adolescente de apenas de 15 anos.

O mandado de busca e apreensão foi realizado pelos policiais do 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), em face do vereador e de mais seis pessoas, quais sejam, assessores e ex-funcionários. Os mandados foram expedidos pelo plantão do Judiciário.

Publicidade

Na residência do parlamentar foram apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos. Após as buscas o vereador se dirigiu para a 42ªDP para dar explicações. O fato ocorreu por volta das 08h30.

Publicidade

Publicidade

Em depoimento, o assessor do vereador Gabriel, relatou que por diversas vezes compareceu à casa do parlamentar e encontrou adolescentes saindo de lá chorando e Gabriel sem dormir, pois tinha passado a noite inteira em festas. Afirma o assessor que as orgias eram realizadas com frequência e as meninas que participavam do evento, na maioria das vezes eram menores de idade.

Gabriel Monteiro também é alvo de processo disciplinar junto a Câmara dos vereadores. A comissão de ética que é formada por sete vereadores, todos votaram a favor em dar início ao processo administrativo. O parlamentar está sendo investigado por 14 condutas negativas o que pode ser absolvido ou sofrer penalidades, podendo levar até a cassação do mandato. 

Publicidade