in

Caso Lara: principal suspeito foge da polícia e já estaria em outro estado

Lara Maria foi encontrada sem vida no dia 19 de março, depois de três dias desaparecida.

Record/Montagem

Wellington Galindo é o nome do homem que está sendo procurado pela Polícia Civil de São Paulo por ser o principal suspeito da morte da menina Lara Maria Oliveira Nascimento, de 12 anos. Lara morava em Campo Limpo Paulista, região metropolitana de Jundiaí, e desapareceu no dia 16 de março.

Publicidade

Os familiares viveram momentos de agonia que terminaram com o desespero de saber que a adolescente estava morta. O corpo de Lara foi encontrado em Francisco Morato, no dia 19. Ela morava com os pais e as irmãs.

Na casa humilde, a mãe conta que Lara saiu de casa para ir a uma mercearia que fica a 600 metros da residência. Como demorou mais do que o normal para voltar, a mãe foi atrás. Ao não encontrar a menina, ficou desesperada. Foram três dias de agonia até a confirmação que ninguém queria: Lara estava morta.

Publicidade

A Polícia Civil iniciou a investigação e logo no início uma imagem chamou a atenção: um carro prata circulou pela região onde Lara sumiu no dia do ocorrido. A cena registrada pela câmera de segurança de uma das casas do bairro mostra o homem saindo do veículo, olhando no banco de trás e a sua volta e, em seguida, voltando para o carro e indo embora.

Publicidade

Os investigadores pediram a prisão temporária do suspeito. A Justiça autorizou no dia 28. A nova informação é de que policiais foram à casa de Wellington Galindo e não o encontraram. O suspeito já era considerado foragido desde o dia 28. Agora, há suspeita de que ele deixou São Paulo e viajou para Pernambuco, na região Nordeste do Brasil. As buscas continuam.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!