in

Caso Lara: polícia encontra casa do suspeito de assassinato da menina e novos detalhes vêm à tona

Criança foi vítima de um crime brutal no mês passado com golpes de objeto contundente.

G1/Record/Montagem

O assassinato de Lara Maria Oliveira Nascimento permanece um mistério para a polícia de São Paulo, que vem tentando descobrir quem teria tirado a vida da menina, moradora de Campo Limpo Paulista. Ela havia saído de casa no último dia 16 de março para comprar refrigerante e a família não voltou a vê-la com vida.

Publicidade

No último dia 31, a polícia, já com um mandado de busca e apreensão, foi até o endereço onde residia o suspeito de envolvimento na morte de Lara. Entretanto, o homem não estava no local. As autoridades notaram que a casa parecia ter sido abandonada recentemente.

Os agentes recolheram alguns dos objetos que restaram na propriedade para uma análise. O homem foi visto em imagens de circuito de segurança do local onde Lara desapareceu. A criança foi encontrada com sinais de agressão em uma área de mata de Francisco Morato.

Publicidade

O delegado Rafael Diório informou que chegou a falar com o suspeito por telefone, mas que ele não quis contato com a polícia. Por não colaborar com as investigações, um mandado de prisão preventiva foi emitido na semana passada.

Publicidade

Até o fechamento desta matéria, o homem não havia sido capturado. A polícia aguarda ainda um laudo do exame de DNA encontrado nas unhas de Lara Maria. Não foram encontrados sinais de violência sexual na criança.

Publicidade

Um tio de Lara, que está na prisão, declarou não ter envolvimento com o crime. Ele havia tido uma saidinha da cadeia, mas diante do fato foi chamado novamente. Novos detalhes sobre o caso podem ser divulgados a qualquer momento. Ninguém foi preso ainda.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.