in

Caso Lara – tio nega envolvimento com o crime e escreve carta da prisão: ‘Olho por olho, dente por dente’

Vítima foi encontrada sem vida por um lenhador três dias depois de desaparecer.

Record/Montagem

A polícia de São Paulo continua na busca para tentar encontrar o culpado pela morte da menina Lara Maria Oliveira Nascimento, de 12 anos. Ela saiu de casa em Campo Limpo Paulista no último dia 16 e seu corpo foi encontrado três dias depois, já sem sinais de vida.

Publicidade

Uma das suspeitas era de que Lara poderia ter sido morta por conta de um tio que estaria envolvido com o tráfico. A polícia trabalha com a hipótese de que o assassinato da vítima poderia ter sido em decorrência de um acerto de contas por dívidas de drogas.

Nesta semana, Rogério, como foi identificado o tio de Lara, que está atualmente preso, escreveu uma carta direcionada para a Rede Record. O presidiário contou que não tem nenhum envolvimento na morte da sobrinha. O homem havia tido permissão para uma saidinha da cadeia, mas teve que retornar à prisão por conta do crime.

Publicidade

A tia de Lara confirmou as informações da carta: “O Rogério não tava devendo nada pra ninguém. Não é a primeira saidinha dele, ele saiu a de setembro, a de dezembro e essa agora. Ele não ficou devendo“, disse a mulher, esposa do tio da vítima.

Publicidade

A Record descobriu que Rogério tem duas passagens pela polícia, uma por roubo e outra por tráfico de drogas. Apesar disso, o homem afirma que seria incapaz de assassinar uma criança na carta. Ainda no documento, o ele afirma que ver que o culpado pague pelo que fez com sua sobrinha. “Só quero ver esse verme preso. Eu, particularmente, o que ele fez com a minha sobrinha eu não perdoo. Olho por olho, dente por dente“, declara.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.