in

Posto de saúde estaria obrigando mulheres a mostrar menstruação para tomar anticoncepcional

Mulheres denunciaram que precisavam mostrar o sangue menstrual para tomar injeção anticoncepcional em posto de saúde de Americana.

Foto de Sora Shimazaki no Pexels

A menstruação faz parte da vida da maioria das mulheres, quando ela chega, significa que não aconteceu a fecundação do óvulo e consequentemente uma gravidez. Segundo publicado no portal Yahoo! Notícias, algumas mulheres foram obrigadas a abaixar as calças e provar estarem menstruadas para conseguirem tomar a injeção anticoncepcional fornecida pelo posto de saúde da cidade em Americana, interior de São Paulo.

Publicidade

A injeção fornecida pelas unidades de saúde da cidade são trimestrais e algumas mulheres relataram que, quando precisam voltar ao posto para receber a dose, tinham que provar estarem menstruadas. O modo de provar era mostrando o absorvente usado e sujo de sangue.

“Eu fui a primeira vez e ela pediu para eu provar que se eu estava menstruada ou não”, disse uma das moradoras da cidade, que preferiu não se identificar. “Se não provar que está menstruada, a gente não toma”, disse outra mulher sobre o caso. A ex-vereadora Maria Giovana Fortunato (PDT-SP), foi a pessoa responsável por evidenciar na mídia essas denúncias.

Publicidade

Caso foi denunciado por ex-vereadora

A situação foi descoberta depois que um grupo que falavam sobre violência doméstica com mulheres em situação de vulnerabilidade ouviram os relatos sobre a aplicação de injeção concepcional. Segundo a ex-vereadora, a explicação para a exigência é para que as mulheres não usem o anticoncepcional como modo de abortar. Isso acaba afugentando as mulheres que, por constrangimento ou por terem ciclo desregular, acabam engravidando por não tomarem a injeção.

Publicidade

Em nota, a Secretária de Saúde da cidade afirmou que não tinha conhecimento sobre essa exigência, mas que o caso será investigado e os envolvidos punidos.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Tati Jesus

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.