in

Caso Lara: laudo do IML aponta que martelo pode ter sido usado no crime; família clama por Justiça

Menina foi encontrada sem vida no dia 19, após ficar três dias desaparecida em SP.

Gustavo Netto/TV TEM

Lara Maria Oliveira Nascimento tinha apenas 12 anos quando foi vítima de um crime terrível neste mês de março. A menina desapareceu no dia 16 e foi encontrada sem vida três dias depois. A Polícia Civil do estado de São Paulo investiga este caso ocorrido nas cidades de Campo Limpo Paulista, onde Lara morava, e Francisco Morato, onde o corpo foi encontrado.

Publicidade

Um suspeito, filmado dentro de carro que circulou pela região onde a menina desapareceu no dia do desaparecimento, teve a prisão temporária decretada pela Justiça. O homem se esquivou de prestar esclarecimentos à polícia e passou a ser tratado como principal suspeito deste crime que está chamando a atenção de todo o Brasil.

Laudo do IML revela qual arma pode ter sido usada para matar a menina

O corpo de Lara foi encontrado coberto por cal, conforme mostrou perícia realizada no material branco que estava sobre a adolescente. Nesta terça-feira (29), o programa Cidade Alerta, exibido pela Record TV, divulgou detalhes do laudo do Instituto Médico Legal (IML)

Publicidade

O documento assinado pelos médicos legistas do IML mostra que a menina levou ao menos quatro pancadas na cabeça. Três delas do lado esquerdo e uma, mais forte, do lado direito. O crânio ficou afundado do lado direito. De acordo com o laudo, a pessoa que matou a menina pode ter usado um martelo ou uma picareta.

Publicidade

A Polícia Civil segue investigando o caso. Os pais de Lara foram ouvidos na semana passada. Nesta semana, as diligências continuaram. Tia e primo da menina prestaram depoimento e responderam a algumas perguntas feitas pelos investigadores.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!