in

Morador de rua pede desculpas por ter exposto relação íntima com esposa de personal: ‘Uma coisa muito feia’

Givaldo Alves afirmou que não ponderou as palavras ao relatar a relação com a mulher.

UOL | REPRODUÇÃO

Nesta terça-feira (29), Givaldo de Souza, morador de rua que foi espancado pelo personal trainer que o flagrou mantendo relações com sua esposa, se manifestou novamente. O homem concedeu entrevista ao político Ricardo Caiafa, no YouTube, e se desculpou por expor a intimidade da mulher com quem se relacionou.

Publicidade

O caso ocorreu no último dia 9 de março na cidade de Planaltina, no Distrito Federal. Eduardo Alves, marido da mulher, afirmou que ao flagrá-la com o morador de rua, pensou se tratar de um caso de abuso sexual. Porém, de acordo com o site UOL, a mulher passava por um surto relacionado ao transtorno bipolar.

Em entrevista à Band, Givaldo contou, com detalhes, sobre a relação íntima que manteve com a mulher no carro. O homem foi duramente criticado pela exposição e resolveu se retratar. O morador de rua afirmou que não ponderou as palavras ao narrar os fatos, e garantiu que o comportamento não faz parte de sua personalidade.

Publicidade

Essa infelicidade que eu tive ao descrever a situação sem mudar nada, é uma coisa muito feia. Eu me sinto envergonhado. E eu gostaria de pedir desculpas“, disse Givaldo, que também se desculpou com as mulheres de sua família. A defesa do personal trainer e de sua esposa se manifestaram sobre o caso.

Publicidade

Através de nota, os advogados afirmaram que o episódio afetou toda a família, e que a mulher, além de sofrer violência sexual, também foi acusada de infidelidade. O caso segue sendo investigado pela polícia do Distrito Federal. A esposa de Eduardo Alves segue internada sem previsão de alta.

Publicidade
Publicidade