in

Na hora do sim, policial tem casamento interrompido por criminosos e reage com outros 30 agentes

Os criminosos invadiram o condomínio; segundo a policia, o grupo tentou sequestrar um empresário.

REPRODUÇÃO/ MONTAGEM

Uma cerimônia de casamento foi interrompida no último sábado (26) depois que fugitivos invadiram o condomínio onde estava sendo realizada a celebração no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro.

Publicidade

Em vídeos gravados por presentes na festa, tiros podem ser ouvidos enquanto o noivo, que é policial militar, e sua esposa trocam votos. O militar interrompeu a cerimónia e foi procurar os criminosos, acompanhado por cerca de 30 agentes da polícia, que também estiveram presentes no casamento.

De acordo com o noivo, a equipe conseguiu ajudar o grupo que foi atrás do suspeito. Em uma entrevista à Record TV Rio, Rodrigo Pruyansk contou detalhes da situação e como continuou a festejar depois que os fugitivos foram presos.

Publicidade

Ele relatou que após ouvir os disparos, automaticamente se mobilizou junto aos outros agentes e trocou informações com os policiais do batalhão de Choque sobre as características dos invasores para auxiliar nas buscas no interior do condomínio.

Publicidade

Rodrigo ainda revelou que o ocorrido acaba sendo uma rotina para os agentes. No momento, percebeu que seus convidados estavam extremamente alterados, mas cerca de 30 minutos depois, a situação normalizou e o militar conseguiu trocar os votos com sua esposa.

Publicidade

Prisão dos criminosos

Os criminosos tentaram raptar um empresário na Barra da Tijuca, zona norte da cidade, informou a polícia. Eles fizeram a vítima de refém após roubarem um veículo. No alto da Avenida Abelardo Bueno, os criminosos trocaram tiros com a polícia que patrulhava a área.

Durante a operação, um suspeito foi morto e outros dois foram presos depois de invadirem o casamento. Um quarto assaltante conseguiu escapar. A polícia apreendeu seis celulares, munições e uma pistola.

Publicidade