in

Caso Lara: polícia pede prisão de suspeito de ligação no assassinato da menina e novos detalhes vêm à tona

Criança desapareceu no dia 16 de março e o corpo foi encontrado 3 dias depois.

Diário do Nordeste/G1/Montagem

A morte da menina Lara Maria de Oliveira Nascimento vem gerando forte repercussão e comoção em todo o Brasil. A criança, que tinha 12 anos, foi vítima de um crime brutal enquanto voltava para casa após sair avisando a família que iria comprar um refrigerante.

Publicidade

O desaparecimento de Lara foi notificado no dia 16 deste mês. O corpo foi encontrado pelo polícia três dias depois, em uma zona de Mata de Francisco Morato, em São Paulo, com marcas de ferimentos com instrumento como faca.

A polícia analisou imagens pertencentes às câmeras de segurança da região onde Lara foi encontrada sem vida. Nas gravações é possível ver um indivíduo, que não era conhecido dos moradores, que circulava em um veículo de cor prata no dia em que a vítima desapareceu.

Publicidade

As autoridades conseguiram checar a placa do carro suspeito, entretanto não foram revelados detalhes sobre o homem para não comprometer as investigações. O delegado responsável pelo caso afirmou ter pedido a prisão preventiva do indivíduo.

Publicidade

A autoridade informou que chamou o suspeito para prestar esclarecimentos, porém ele não compareceu: “O primeiro contato foi feito. O que chamou atenção foi que a esperança era que essa pessoa esclarecesse, porém, outras atitudes demonstraram que ela não quis mais contato e evitou de todas as formas prestar esclarecimento daquele dia”, declarou o delegado.

Publicidade

Até o momento, não houve prisão. Novos detalhes sobre o caso que chocou o país podem ser divulgados a qualquer momento logo que surjam novidades. Família de Lara pede justiça pela morte da criança.

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.