in

Trecho obsceno de entrevista com morador de rua é vazado; Band se desculpa e cita punição ao responsável

O vídeo com trechos obscenos viralizou na web ao ser vazado do sistema interno da emissora.

METRÓPOLES | REPRODUÇÃO

Nesta sexta-feira (25), a TV Bandeirantes se manifestou sobre um vídeo vazado de seu sistema interno. Trata-se da entrevista de Givaldo Alves, morador de rua espancado por um personal trainer ao ser flagrado com sua esposa. De acordo com o site Metrópoles, a emissora entrevistou Givaldo, questionando sobre detalhes de seu encontro com a mulher.

Publicidade

Porém, Givaldo Alves teria revelado palavras obscenas que disse à esposa do personal trainer durante a relação sexual. O vídeo acabou sendo vazado e viralizou nas redes sociais. A Band confirmou que o material foi vazado, de maneira ilegal, e garantiu que o caso está sendo apurado.

A emissora disse, ainda, que repudia veementemente o compartilhamento do vídeo, e que o responsável será devidamente punido. Segundo a Band, a entrevista não foi ao ar. Givaldo Alves também concedeu entrevista ao site Metrópoles, porém os trechos obscenos foram ocultados do material.

Publicidade

O morador de rua nega que tenha abusado da mulher, afirmando que aceitou manter relações íntimas com ela após muita insistência. Givaldo também rendeu elogios à esposa do personal trainer, revelando não sentir raiva dela. Sobre as agressões que recebeu, ele afirma ter sido vítima de uma injustiça.

Publicidade

O homem contou que é natural da Bahia e já foi casado. Ele explicou que recebe muita ajuda em Planaltina, Distrito Federal. Questionado se ficará na cidade após a polêmica, Givaldo revelou que não pretende se mudar, apenas arrumar um emprego e retomar sua vida após o ocorrido.

Publicidade
Publicidade