in

Morador de rua que foi agredido por personal manda a real sobre relação com Sandra: ‘Sou amante das mulheres’

Givaldo Alves, que já tinha dado sua versão para o site Metrópoles, falou também com a Record.

REPRODUÇÃO R7

Givaldo Alves falou com o segundo veículo de comunicação em menos de 24 horas, mostrando que todo o o Brasil queria saber a sua versão da história. O morador de rua foi agredido por um personal trainer na cidade de Planaltina, no Distrito Federal, no último dia 9 de março. O personal acusou Givaldo de ter abusado sexualmente de sua esposa.

Publicidade

Mais cedo veio à tona uma entrevista do morador de rua para o site Metrópoles. Em  cerca de 40 minutos, o sem-teto afirmou que a relação com Sandra, esposa do personal Eduardo Alves, foi totalmente consensual. Givaldo chegou a dar detalhes de como foi a abordagem da moça e como foi encontrado no carro da mesma pelo seu marido. 

O morador de rua contou que Sandra insistiu que queria namorar com ele. Givaldo, incrédulo, contou para Sandra que não tinha nem onde morar e que não tinha dinheiro para levar ela para um hotel. A mulher disse que não queria o dinheiro dele, apenas namorá-lo, e pediu para entrar em seu carro.

Publicidade

Os detalhes mais explícitos foram cortados da entrevista do Metrópoles. E no final da tarde, veio a público a outra entrevista, desta vez para a Record TV.

Publicidade

Na emissora de Edir Macedo, o morador de rua falou com repórteres do programa Balanço Geral. Em todo o momento da entrevista, Givaldo enalteceu a beleza de Sandra e afirmou: “Sou amante das mulheres“.

Publicidade

Questionado sobre o que a mulher do personal trainer queria com ele naquela noite, o morador de rua não pensou duas vezes: “A preocupação dela era em se satisfazer. Ela estava com muita fome“, disse ele.

Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com