in

Morador de rua fala sobre marido de mulher com quem manteve relações: ‘Aceitar que ela precisa de algo mais’

Givaldo Alves contou detalhes sobre o dia em que se relacionou com a mulher do personal trainer.

R7 | DIVULGAÇÃO

Nesta quinta-feira (24), Givaldo Alves, de 43 anos, concedeu entrevista exclusiva ao site Metrópoles e falou sobre a polêmica que envolveu sua vida nas últimas semanas. O morador em situação de rua foi brutalmente agredido ao ser flagrado por Eduardo Alves mantendo relações íntimas com sua esposa. Givaldo nega que tenha cometido abuso contra a mulher.

Publicidade

O morador de rua contou que foi abordado pela esposa do personal, e recebeu um convite para ir até seu carro. A mulher teria sido insistente, mesmo diante das negativas de Givaldo. Em dado momento, após manter relações íntimas com a mulher, o homem teria sido surpreendido pelo personal trainer, que o agrediu com socos violentos.

Questionado, Givaldo afirmou que não se arrepende de ter se relacionado com a mulher, e rendeu elogios a ela. Ele afirmou que a esposa de Eduardo é tudo que um homem gostaria de ter, e que ela teria lhe dado momentos de intenso prazer. Sobre Eduardo, Givaldo afirmou que mentiras precisavam parar de ser propagadas.

Publicidade

Cara, tem que ponderar muitas coisas, parar de mentir e aceitar que ela precisa de algo mais. Eu, não sou, acho que nunca mais ela me verá pra poder me gritar e me parar“, disse o morador de rua, que ressaltou que não tinha ideia da proporção que o caso havia tomado.

Publicidade

Por fim, ele contou que não fez mal a ninguém para ser agredido da forma que foi. Givaldo ainda deixou um recado para Eduardo Alves, afirmando que ele havia exposto a vida dele e da esposa contando mentiras. O morador de rua relatou que, daqui para frente, tentaria se recuperar e seguir sua vida.

Publicidade
Publicidade