in

Caso Lara: câmera de segurança flagra ato de homem suspeito em local onde menina foi achada sem vida

A criança desapareceu no último dia 16 após de sair de casa para comprar refrigerante.

Band/G1/Montagem

O caso da pequena Lara Maria Nascimento de Oliveira, de 12 anos, tem sido um dos mais comentados na última semana no Brasil. A criança, que morava em Campo Limpo Paulista, São Paulo, saiu de casa avisando que iria até uma mercearia comprar refrigerante no último dia 16 de março. Desde então, ela não foi mais vista com vida.

Publicidade

A polícia de São Paulo está investigando o caso para tentar encontrar o culpado pela morte de Lara, que foi deixada em uma zona de mata após supostamente ser assassinada cruelmente. As autoridades recolheram os depoimentos dos pais da vítima, que deram algumas informações importantes para o caso.

Durante conversa com a polícia, a mãe de Lara contou que o pai da menina tinha uma dívida no valor de R$ 3,9 mil. Ainda no depoimento, foi informado que o homem identificado como Luís, chegou a quebrar móveis dentro da casa da mãe de Reginaldo, genitor da vítima.

Publicidade

O fato teria acontecido durante uma briga de casal. O dinheiro emprestado teria sido utilizado para uma reforma da residência onde a menina vivia com a família em Campo Limpo Paulista.

Publicidade

A polícia está analisando ainda um carro que foi visto circulando pela rua que dá acesso ao local onde o corpo de Lara foi encontrado, já sem sinais de vida.

Publicidade

Nas imagens de câmeras de segurança do local é possível ver que o motorista sai do carro e começa a observar as ruas. Os moradores da região afirmaram nunca ter visto o indivíduo que ele não trabalhava por lá.

A polícia está em busca do motorista para ele prestar esclarecimentos. Até o fechamento desta matéria, nenhuma pessoa havia sido presa. 

Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.