in

Caso Lara: laudo do IML mostra causa do falecimento; garota saiu de casa para comprar refrigerante

Lara tinha 12 anos e foi encontrada morta no último sábado (19), três dias depois de desaparecer.

Arquivo pessoal Lara

Lara Maria Oliveira Nascimento, de 12 anos, saiu de casa para comprar refrigerante na hora do almoço do dia 16. A menina morava na cidade de Campo Limpo Paulista, na região da Grande São Paulo. O mercadinho ficava próximo de casa, mas ela demorou a voltar. Os pais se desesperaram e acionaram a polícia.

Publicidade

No dia 19, após três dias de procura, o corpo de Lara foi encontrado em região de mata de Francisco Morato, cidade vizinho a Campo Limpo Paulista. O corpo de Lara estava coberto de cal e tinha marcas de violências, conforme apontou o delegado Rafael Diorio.

O laudo preliminar do Instituto Médico Legal (IML) apontou a causa da morte de Lara: traumatismo craniano. A cabeça da menina estava machucada. O corpo foi sepultado no domingo, em caixão lacrado, no cemitério da cidade.

Publicidade

Lara foi vítima de violência antes da morte

A Polícia Civil de São Paulo investiga a morte de Lara. Os pais dela já foram ouvidos. Outras pessoas próximas à criança também serão ouvidas. Lara tinha apenas 12 anos e não resistiu às pancadas que recebeu na cabeça. Conforme apontou o laudo, ela sofreu traumatismo craniano.

Publicidade

A Polícia Civil tem feito diligências e analisados materiais. Por tudo o que foi colhido até o momento, em breve os investigadores devem ter uma linha completa de investigação e ficarão próximos de pegar quem cometeu este crime bárbaro. Familiares, amigos e vizinhos de Lara estão muito abalados com a crueldade com que a menina de 12 anos foi morta. Nenhuma hipótese é descartada neste momento.

Publicidade

Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!