in

Anvisa proíbe venda de fórmulas para bebês após falecimento de recém-nascidos; marcas e lotes são apontados

Cinco marcas de fórmulas para bebês devem ser recolhidas de circulação após casos de falecimentos.

Divulgação/Anvisa / Sou mamãe

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pediu o recolhimento de algumas marcas de fórmulas que são indicadas para bebês. Nesta quarta-feira (23), o órgão tomou a decisão de tirar de circulação cinco marcas internacionais, depois de casos de internação e falecimento de recém-nascidos nos Estados Unidos.

Publicidade

Depois de um alerta emitido pela FDA, agência reguladora do país, precisam ser tiradas de circulação unidades de itens com um número de “vários dígitos” que ficam na parte debaixo da embalagem. Os dois primeiros são entre 22 e 37, junto com K8, SH ou Z2. A dada de validade desses produtos são de 1 de abril deste ano ou posterior.

Fórmulas para bebês são recolhidas pela Anvisa

As marcas que devem ser retiradas de circulação são: Human Milk Fortifier, Similac, Similac PM 60/40, EleCare e Alimentum. Segundo nota da reguladora brasileira, esse recolhimento acontece depois que a FDA começou uma investigação sobre internação de bebês, com menos de seis meses de vida, registrado ainda um óbito, depois de terem ingerido tais produtos.

Publicidade

Falecimentos e internações de bebês

A FDA ainda está fazendo a apuração das informações sobre quatro bebês internados e um falecimento, ocorrido após a ingestão de tais fórmulas. Dois tipos de bactérias diferentes foram detectados nos exames preliminares.

Publicidade

A agência dos Estados Unidos já encontrou amostras de uma dessas bactérias nas instalações da Abbott Nutrigion, que fica nos Estados Unidos. Essa companhia é a responsável pela fabricação dos produtos para os pequenos.

Publicidade

A Anvisa achou prudente proibir a importação, distribuição, comercialização, propaganda e utilização das fórmulas infantis em pó de tais marcas. Acima há uma imagem que ajuda você a identificar os lotes dessas empresas e cessar imediatamente o alimento do seu filho com elas.

Publicidade

Escrito por Nado C.

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .